Voltar para a página principal de Mi Buenos Aires Querido
Livro de Visitas E-mail Incluir em Favoritos
     
 
  .Buenos Aires
...- Centro
...- Recoleta
...- Palermo
...- San Telmo
...- Puerto Madero
...- Belgrano
  Guia da cidade
...- Hotéis
...- Restaurantes
...- Bares
...- Compras
...- Tango
...- Eventos
  Dicas de viagem
Links de turismo
 
     
Pesquisa personalizada
Mi Buenos Aires Querido | Buenos Aires | Dicas de viagem
 

 
   

Clima

Buenos Aires tem as quatro estações bem definidas. Os meses de verão são bastante quentes e úmidos, sendo que a temperatura varia entre 22° e 33°, com picos de 40°. São comuns as chuvas de verão (chaparrones). Já no inverno faz frio e venta muito. A média de temperatura varia entre 3° e 14°, podendo chegar a alguns graus abaixo de zero.

A primavera e o outono são amenos e a temperatura nessas épocas do ano varia entre a mínima de 13° e a máxima de 22°.

Fuso Horário

Em relação a Greenwich (GMT): menos 3 horas.

Em relação a Brasília não existe diferença horária, à exceção dos meses de outubro a fevereiro quando se estabelece, por força do horário de verão no Brasil, a defasagem de uma hora a menos.

Eletricidade

Tensão: 220 Volts - Frequência: 50 Hertz.

Ligações telefônicas

O código internacional da Argentina é 54 e o da Cidade de Buenos Aires é 11.

Feriados da Argentina

1 de janeiro

Ano Novo

março/abril

Sexta-feira Santa 

1 de maio

Dia do Trabalhador

25 de maio

Primeiro Governo Pátrio

10 de junho

Dia da Soberania Nacional (Guerra das Malvinas)

20 de junho

Dia da Bandeira

9 de julho

Dia da Independência

17 de agosto

Aniversário de morte do Libertador San Martín 

12 de outubro

Descobrimento da América (Día de la Raza)

8 de dezembro

Dia da Imaculada Conceição

25 de dezembro

Natal

Horário Comercial

. Bancos e agências de câmbio: de segunda a sexta de 10 às 15 h.

. Lojas: de 9 às 20 h. Em alguns bairros é costume fechar ao meio-dia, prolongando-se o horário da tarde. Aos sábados o horário é de 9 às 13 h.

. Shopping centers: de 10 às 22 h todos os dias da semana, inclusive domingos depois das 12 h. Durante os fins de semana as praças de alimentação ficam abertas até a uma da manhã e os cinemas têm sessões que começam a essa hora.

. Supermercados:
de 9 às 22 h. As principais redes abrem também aos domingos, geralmente a partir das 12 h.

. Restaurantes: o almoço é servido a partir das 13 h e o jantar a partir das 21 h. Muitos estabelecimentos oferecem refeições rápidas a toda hora.

Formas de Pagamento

A moeda nacional é o peso ($), dividido em 100 centavos. As cédulas em circulação são de 2, 5, 10, 20, 50 e 100 pesos e as moedas são de 1 peso, 1, 5, 10, 25 e 50 centavos.

Mesmo que o dólar seja aceito em alguns comércios, o câmbio de divisas em moeda nacional se realiza nos bancos e agências autorizadas. Os cartões de crédito mais aceitos são American Express, VISA, Diners e Mastercard.

Tempos de Vôo

Cidade

Tempo de Vôo

São Paulo

3 h

Rio de Janeiro

4 h

Porto Alegre

1 h 40 min.

Montevidéu

30 min.

Santiago do Chile

2 h

Assunção

2 h

La Paz

4 h 30 min.

Aeroporto

O Aeroporto Internacional de Ezeiza está a 35 km do centro. A média de tempo de percurso é de 40 minutos por uma auto-estrada. Os vôos domésticos (de cabotaje) se efetuam através do Aeroparque Jorge Newberry, que fica a 4 km do centro.

Transportes

: Metrô Em Buenos Aires existem 5 linhas de metrô (chamado pelos portenhos de subte), sendo possível fazer combinações entre elas. O pagamento se efetua através de cartões que custam 80 centavos de peso. Esses cartões são adquiridos nas estações, onde também há mapas que indicam itinerários e destinos.

: Ônibus Operam na cidade um total de 145 linhas de colectivo. A passagem pode custar 90 centavos ou 1 peso e é comprada por meio de uma máquina instalada no veículo, que só aceita moedas. Funcionam 24 horas por dia. Este transporte, um dos inventos argentinos, é o meio mais utilizado pelos trabalhadores portenhos.

: Táxi Buenos Aires está repleta de taxis, padronizados na cor preta e com teto amarelo. Valor aproximado dos trajetos (em pesos argentinos): $ 50 do Obelisco ao Aeroporto Internacional de Ezeiza e $ 15 até o Aeroparque (vôos domésticos); $ 15 da Recoleta até Belgrano e $ 10 do Obelisco a San Telmo.

: Remis Automóveis com motorista, ou remises, são a melhor opção para viagens de média e longa distância. A vantagem é que o preço final está previamente estipulado e portanto não aumenta com um engarrafamento, como acontece com os táxis. Do Aeroporto de Ezeiza ao centro: $ 50 pesos aproximadamente. Por questão de segurança convém sempre contratar o serviço em agências autorizadas.

:  Aluguel de carro Para dirigir em Buenos Aires é preciso ser maior de idade, contar com algum cartão de crédito, carteira de identidade e registro habilitante. Os estrangeiros devem apresentar também o passaporte e a carteira de motorista internacional ou a do seu país (as duas valem). Os preços variam de $ 100 (o menor veículo) a $ 200 por dia. Esses valores incluem 150 quilômetros livres. 

: Barcos O barco é um meio de transporte relativamente comum utilizado por argentinos e uruguaios para ir de um país ao outro. Do porto de Buenos Aires partem buques diários para Colonia de Sacramento, Montevidéu e Punta del Este.

Requisitos de Entrada

Não é necessário visto de entrada para turistas. Os visitantes brasileiros deverão preencher uma tarjeta de turismo a ser apresentada na entrada juntamente com o passaporte ou carteira de identidade. A permanência autorizada, em princípio, é de 90 dias.

Os empresários ou viajantes de negócios devem solicitar, nos Consulados argentinos, visto específico que autoriza estadas inferiores ou iguais a 90 dias, prorrogáveis uma vez por igual período.

Para permanência no país por prazos superiores ou com outros objetivos (residência, estudo, pesquisa), deve ser solicitado previamente o visto correspondente nos Consulados argentinos no Brasil.


buenos aires | argentina | imagens | tango | personagens | curiosidades | livro de visitas
.© 1999-2011 - www.mibuenosairesquerido.com - Todos os direitos reservados

Anuncie em Mi Buenos Aires Querido