Mi Buenos Aires Querido

Dicas de viagem a Buenos Aires

Buenos Aires Dicas - Buenos Aires Viagem - San Telmo

Confira as principais dicas para levar em conta na hora de organizar sua viagem a Buenos Aires (atualizadas em 2017):


Dicas básicas sobre Buenos Aires

Fuso horário

Em relação a Greenwich (GMT), o fuso horário em toda a Argentina é de menos 3 horas. Em relação a Brasília não existe diferença horária, à exceção dos meses de outubro a fevereiro quando se estabelece, por força do horário de verão no Brasil, a defasagem de uma hora a menos (na Argentina não adotam horário de verão).

Voltagem elétrica

Buenos Aires Dicas - Voltagem - Tomada da ArgentinaA voltagem de eletricidade na Argentina é de 220 volts. As tomadas e plugues usados no país são do tipo I, o mesmo modelo utilizado na Austrália e Nova Zelândia. São três pinos achatados: dois superiores na diagonal e um inferior na vertical.

Clima e temperatura

Buenos Aires tem as quatro estações bem definidas. Os meses de verão são bastante quentes e úmidos, sendo que a temperatura normalmente varia entre 22° e 33°, com picos de 40°. São comuns as chuvas de verão (chaparrones). No inverno faz um frio moderado e venta bastante, sem presença de neve. A média de temperatura varia entre 5° e 15°, podendo chegar excepcionalmente a ficar abaixo de zero. A primavera e o outono são amenos e a temperatura nessas épocas do ano normalmente varia entre 13° e 25°.

Confira o tempo em Buenos Aires neste momento:




Como se comunicar em Buenos Aires

Ligações telefônicas

O código DDI da Argentina é 54 e o código DDD da Cidade de Buenos Aires é 11. Portanto, para ligar do Brasil para Buenos Aires, deve-se marcar a seguinte sequência:

00 + código da operadora brasileira + 54 + 11 + número do telefone local

Caso se trate de um telefone celular, deve-se adicionar o prefixo 9 antes do DDD. O número do telefone local deve ir sem o prefixo 15, que é usado só para chamadas locais a celulares.

00 + código da operadora brasileira + 54 + 9 + 11 + número do telefone local

Estando em Buenos Aires, deve-se utilizar a seguinte sequência para ligar para o Brasil:

00 + 55 + DDD da cidade brasileira + número do telefone local

Quase não existem cabines telefônicas ou orelhões nas ruas de Buenos Aires. Em seu lugar estão os chamados locutórios, cabines que ficam dentro de alguns kioskos, um tipo de lojinha de conveniência muito comum na Argentina. Enquanto você fala pode ver o valor que vai sendo cobrado e, ao finalizar, o pagamento é feito diretamente no caixa.

Internet Wifi grátis
Buenos Aires Dicas - Internet BA Wifi

A prefeitura de Buenos Aires disponibiliza o BA WiFi, um circuito livre e gratuito com mais de 380 pontos de conexão espalhados pela cidade. É possível acessar a rede em parques, praças, estações de metrô e prédios públicos como museus e bibliotecas (ver mapa com pontos de WiFi grátis em Buenos Aires ou baixar o aplicativo BA WiFi).

A Fibertel, uma das principais companhias de internet da Argentina, também oferece um circuito de wifi grátis com diversos pontos de conexão em todo o país. O Fibertel Zone pode ser acessado em bares, restaurantes, cafés, cinemas, academias, entre outros (baixar o aplicativo para Android ou Iphone).


Como se locomover em Buenos Aires

Cartão SUBE

Para viajar de metrô, ônibus ou trem em Buenos Aires é preciso utilizar o cartão pré-pago SUBE, que pode ser adquirido e recarregado nas bilheterias das estações de metrô ou em diversos outros pontos autorizados espalhados pela cidade (ver onde conseguir o cartão SUBE). O cartão custa $25 e as recargas são gratuitas. Caso fique sem crédito, é possível acumular um saldo negativo de até $20, os quais serão descontados na seguinte recarga.

Guias de transporte

O BA Como Llego é um aplicativo oficial muito útil para conhecer a melhor forma de se locomover pela cidade. Indicando a localização inicial e final, permite otimizar trajetos de ônibus, metrô, trem, bicicleta, a pé ou de carro (baixar aplicativo BA Como Llego).

Além disso, guias impressos com os itinerários dos ônibus e outras informações úteis podem ser encontrados nas bancas de Buenos Aires, sendo o “Guia T” o mais tradicional.

Meios de transporte
MetrôBuenos Aires Dicas - Subte de Buenos Aires / Metrô de Buenos Aires / Buenos Aires Subway O sistema de metrô ou subte de Buenos Aires foi o primeiro da América Latina e continua em expansão. Atualmente são 6 linhas, sendo possível fazer combinações entre elas (ver mapa do metrô). O metrô fica aberto das 5h da manhã até as 10h30 da noite. Para viajar é necessário utilizar o cartão SUBE.
ÔnibusBuenos Aires Dicas - Colectivos en Buenos Aires / Ônibus em Buenos Aires / Buenos Aires Buses Circulam pela cidade mais de 100 linhas de colectivo, cujas cores variam de acordo com a empresa prestadora. Como no caso do metrô, a passagem deve ser paga com o cartão SUBE. Os ônibus funcionam 24 horas por dia e muitos agora transitam pelo sistema de vias rápidas Metrobus.
Ônibus turísticoBuenos Aires Dicas - Bus turístico de Buenos Aires / Ônibus turístico de Buenos Aires / Buenos Aires Bus Tour Uma forma prática de conhecer Buenos Aires é a bordo de um ônibus turístico. Funciona no horário de 9h a 19h e permite descer e subir em qualquer uma de suas paradas. O passeio completo dura quase 3 horas e as passagens podem ser compradas no próprio ônibus, nas bilheterias oficiais ou no site Buenos Aires Bus.
TremBuenos Aires Dicas - Trenes de Buenos Aires / Trens de Buenos Aires / Buenos Aires Trains É o meio de transporte mais barato e popular, ideal para médias distâncias. Da estação de Retiro saem trens para vários pontos como Palermo, Belgrano e para os municípios da zona norte, como Olivos, San Isidro ou Tigre. Como no caso do metrô e dos ônibus, a passagem deve ser paga com o cartão SUBE.
BicicletaBuenos Aires Dicas - Bicicletas en Buenos Aires / Bicicletas em Buenos Aires / Bikes in Buenos Aires Conhecer Buenos Aires em bicicleta (bici) é uma experiência única em qualquer época do ano. A rede de ciclovias está presente em quase todos os bairros. Além disso, a prefeitura disponibiliza bicicletas gratuitas em bases que se encontram em pontos estratégicos da cidade (ver ciclovias e estações de bicicletas).
TáxiBuenos Aires Dicas - Taxis en Buenos Aires / Táxis em Buenos Aires / Buenos Aires Taxi Cabs Buenos Aires é uma das cidades do mundo com maior quantidade de táxis, os quais estão padronizados nas cores preta e amarela. Valor aproximado dos trajetos: $600 do Obelisco ao Aeroporto de Ezeiza e $180 até o Aeroparque. Veja uma comparação entre táxi, Uber e similares no post Uber em Buenos Aires: vale a pena?
RemisBuenos Aires Dicas - Remises en Buenos Aires / Carros com motorista em Buenos Aires / Buenos Aires Car Services Automóveis com motorista, ou remises, são a melhor opção para viagens de média e longa distância. O valor é similar ao dos táxis mas a vantagem é que, ao não terem taxímetro, o preço final é previamente estipulado. Por segurança, é melhor sempre contratar o serviço em agências autorizadas.
Aluguel de carroBuenos Aires Dicas - Alquiler de coches en Buenos Aires / Aluguel de carro em Buenos Aires / Rent a car in Buenos Aires Para dirigir em Buenos Aires é preciso ser maior de idade, contar com algum cartão de crédito, carteira de identidade (ou passaporte) e carteira de motorista internacional ou a do país de origem (as duas valem). Em pesos, os preços estão na faixa de $1.000 por dia, incluindo 150 kms livres.

Dicas sobre dinheiro em Buenos Aires

Moeda e cartões

A moeda nacional é o peso argentino ($), dividido em 100 centavos. As cédulas em circulação são de 2, 5, 10, 20, 50, 100, 200 e 500 pesos e as moedas são de 1 peso, 2 pesos, 5, 10, 25 e 50 centavos. Os cartões de crédito mais aceitos são VISA, Mastercard e American Express.

Câmbio

Chegando a Buenos Aires de avião, é conveniente fazer o câmbio de reais ou dólares a pesos nas agências do Banco Nación que ficam dentro dos aeroportos (conferir cotações de compra). Essas agências abrem todos os dias, com a diferença de que a de Ezeiza funciona durante as 24 horas e a do Aeroparque abre das 6h da manhã à meia-noite.

Caso deixe para trocar o dinheiro na cidade, existem diversas casas de câmbio autorizadas nas proximidades da calle Florida, principalmente entre os números 400 e 600 da calle Sarmiento. Isso permite comparar facilmente as diferentes cotações, já que os valores podem variar bastante. Se estiver hospedado fora do centro, também vale a pena consultar no hotel qual é a corretora mais próxima. Confira o horário de funcionamento de bancos e casas de câmbio no quadro mais abaixo.

Atualmente a recomendação é levar reais a Buenos Aires e trocá-los diretamente por pesos no Banco Nación ou em casas de câmbio autorizadas. Levar dólares sempre é uma opção, porém sua conveniência depende da cotação dólar/real e real/peso do momento, ou ainda do câmbio fixado pelo comércio em particular que aceite a moeda. De qualquer forma, comprar pesos estando no Brasil é tipicamente a alternativa menos favorável.

Gorjetas

Dar gorjeta (“propina”) é um hábito comum em Buenos Aires. No caso de restaurantes e cafés, o básico é deixar pelo menos 10% do total da conta em dinheiro, já que o valor não é adicionado na nota fiscal. Carregadores de malas em hotéis e aeroportos, entregadores de comida delivery e lanterninhas de teatro também costumam esperar gorjeta pelo serviço.


Dicas sobre lojas e comércios em Buenos Aires

Horários de funcionamento
Bancos e casas de câmbio De segunda a sexta de 10 a 15h. Existe uma agência bancária especial para turistas que fica aberta até as 17h, além de operar nos sábados e domingos de 11 a 18h (Banco Ciudad, agência 53, Av. Córdoba 675). O requisito é levar passaporte.
Lojas de rua De segunda a sábado de 10 a 20h. Algumas lojas fecham às 13h nos sábados e alguns comércios familiares optam por fechar ao meio-dia durante a semana, prolongando o horário da tarde. Veja mais detalhes sobre as lojas na seção Compras em Buenos Aires.
Shoppings De 10 a 22h todos os dias da semana, inclusive domingos a partir do meio-dia. Durante os finais de semana as praças de alimentação ficam abertas até 1h da manhã e os cinemas têm sessões que começam a essa hora (trasnoche). Veja mais detalhes sobre os shoppings na seção Compras em Buenos Aires.
Restaurantes O almoço é servido a partir do meio-dia e o jantar a partir das 21h, sendo que em muitos estabelecimentos a cozinha fica aberta até 1h da manhã. Existem também vários restaurantes que oferecem refeições rápidas (minutas) em qualquer horário, além de pizzarias e lanchonetes 24 horas. Veja uma seleção de restaurantes por tipo de comida na seção Restaurantes e cafés em Buenos Aires.
Supermercados_ Os mercados e supermercados abrem de 9 a 22h todos os dias da semana, inclusive aos domingos, e costumam abrir com horário reduzido nos feriados. Além das grandes redes, também existem em toda a cidade inúmeros mercados de imigrantes chineses vendendo produtos argentinos.
Feriados da Argentina em 2017
1 de janeiro Ano novo
27 e 28 de fevereiro *
Carnaval
27 de março
(24 de março) **
Dia Nacional da Memória pela Verdade e a Justiça
(Golpe Militar 1976)
2 de abril
Dia do Veterano e dos Mortos em Combate na
Guerra das Malvinas (1982)
14 de abril *
Sexta-feira santa
1 de maio Dia do Trabalhador
25 de maio Dia da Revolução de Maio (1810)
17 de junho
Aniversário da Morte do General Güemes
19 de junho
(20 de junho) **
Aniversário da Morte do General Manuel Belgrano
(Dia da Bandeira)
9 de julho Dia da Independência (1816)
21 de agosto
(17 de agosto) **
Aniversário da Morte do General José de San Martín
16 de outubro
(12 de outubro) **
Dia do Respeito à Diversidade Cultural
(Descobrimento da América 1492)
20 de novembro
Dia da Soberania Nacional
(Batalha de Vuelta de Obligado 1845)
8 de dezembro Dia da Imaculada Conceição da Virgem Maria
25 de dezembro Natal

* Feriados móveis de Carnaval (segunda e terça-feira) e de Semana Santa (a sexta-feira santa é feriado obrigatório e a quinta-feira santa é opcional).
** Feriados que são transferidos à segunda-feira anterior ou à segunda-feira seguinte.
Nota: Para uma maior precisão, confira aqui o calendário oficial de feriados argentinos de cada ano específico.


Compartilhe!


Dúvidas?

Confira o nosso Fórum com perguntas e recomendações da comunidade Mi Buenos Aires Querido!