Mi Buenos Aires Querido

Voos low cost revolucionam o céu da Argentina

 

low cost argentina

A oferta de voos low cost na Argentina não para de crescer, para a alegria daqueles que adoram viajar.

Os voos low cost, ou de baixo custo, estão em plena ebulição na Argentina. Durante anos, o céu do país hermano foi dominado apenas por duas empresas tradicionais, a Aerolíneas Argentinas e a Lan Chile (atual Latam). Essa situação mudou radicalmente em meados de 2017, com a abertura do mercado doméstico a novas rotas e companhias e, mais recentemente, com a liberação do preço mínimo da passagem.

As linhas aéreas low cost são uma alternativa popular e bem estabelecida em muitos países, representando atualmente 30% dos voos de todo o planeta. Essa tendência surgiu como uma solução inovadora para ampliar o mercado aéreo comercial, ao possibilitar que milhares de pessoas viajassem de avião pela primeira vez ou de forma mais rotineira.

Do ponto de vista do usuário, os voos low cost são uma excelente forma de poupar, já que as passagens aéreas costumam representar um dos maiores custos de qualquer viagem. A dica é usar o valor economizado para dar um upgrade no hotel ou para contratar o melhor seguro viagem e, assim, cobrir-se em caso de imprevistos.


Novas linhas aéreas low cost com voos dentro da Argentina

Flybondi, Norwegian, Avianca, JetSmart e LASA são algumas das linhas aéreas low cost que desembarcaram recentemente na Argentina. Confira abaixo os destinos e particularidades de cada uma:

Flybondi

Flybondi Argentina low cost

A Flybondi é a primeira linha aérea low cost da Argentina. Começou a operar em janeiro de 2018, com preços baixíssimos e um marketing que preza pela inovação. Como era de se esperar, a companhia causou uma reviravolta no mercado local e já representa 5% dos voos domésticos.

Em Buenos Aires, a Flybondi opera a partir do Aeroporto de El Palomar, uma antiga base aérea militar transformada recentemente em aeroporto low cost. O trajeto de carro até o centro da cidade de Buenos Aires demora aproximadamente 40 minutos.

Em total, são 13 as cidades argentinas atualmente conectadas pela Flybondi:

  • Buenos Aires (Aeroporto de El Palomar);
  • Corrientes;
  • Bahía Blanca;
  • Córdoba;
  • Mendoza;
  • Jujuy;
  • Neuquén;
  • Puerto Iguazú;
  • Posadas;
  • Salta;
  • Santiago del Estero;
  • Bariloche;
  • Tucumán.

A partir de janeiro de 2019, a Flybondi começará a voar também à cidade uruguaia de Punta del Este, partindo de Buenos Aires e de Córdoba. As passagens para o novo destino já estão à venda no site.

A empresa costuma ter promoções com preços ultra low cost a partir de AR$ 199 por trecho. O valor da passagem inclui uma bagagem de mão de até 6 kg por passageiro. Outros serviços como malas a despachar e alimentos durante o voo podem ser adquiridos por um valor aparte.

Norwegian Air Argentina

Norwegian argentina low cost

A Norwegian, sexta maior linha aérea low cost do mundo, aterrizou na Argentina em fevereiro de 2018. Atualmente conecta o aeroporto de Ezeiza em Buenos Aires ao aeroporto de Gatwick em Londres quatro vezes por semana. A partir de 1 de dezembro, a frequência dessa rota passará a ser diária.

Além disso, em 16 de outubro de 2018 a Norwegian começou a voar pela Argentina com preços super em conta, a partir de AR$ 699. Os voos internos unem as seguintes cidades:

  • Buenos Aires (Aeroparque Jorge Newbery);
  • Córdoba;
  • Mendoza;
  • Bariloche;
  • Neuquén;
  • Iguaçu;
  • Salta.

Em um futuro próximo, a Norwegian dará acesso a 72 rotas domésticas, além das 80 rotas internacionais que já estão disponíveis como conexões a partir de Londres.

Avianca Argentina

Avianca Argentina low cost

A Avianca é uma linha aérea colombiana que já opera no Brasil há alguns anos, mas que só estreou na Argentina em novembro de 2017. Atualmente, seus voos low cost conectam as seguintes cidades:

  • Buenos Aires (Aeroparque Jorge Newbery);
  • Mar del Plata;
  • Rosario;
  • Santa Fe;
  • Reconquista.

O primeiro voo internacional da Avianca Argentina está programado ainda para este ano, com destino a São Paulo.

JetSmart

Jetsmart Chile Argentina low cost

A JetSmart é uma nova empresa aérea de ultra baixo custo que já opera na Argentina desde setembro de 2018. De origem chilena, a companhia conecta ambos países por preços que vão de AR$ 1.800 a AR$ 3.000.

Os destinos atualmente oferecidos pela JetSmart são:

  • Buenos Aires (Aeroporto de El Palomar);
  • Córdoba;
  • Mendoza;
  • Santiago do Chile;
  • La Serena (Chile).

A empresa planeja começar a voar dentro da Argentina em meados de 2019, logo após obter a habilitação necessária. A intenção é chegar a oferecer 21 rotas domésticas.

Lasa

Lasa Argentina low cost

A Lasa é outra nova linha aérea que em breve começará a conectar a Argentina e o Chile, com foco na Patagônia de ambos países. As primeiras rotas planejadas incluem Bariloche-Puerto Montt (desde AR$ 994), Neuquén-Temuco (desde AR$ 1.332), Chapelco-Bariloche (desde AR$ 520) e Bahia Blanca-Neuquén (desde AR$ $1.207).

A Lasa irá operar com aviões de pequeno porte da Embraer, com capacidade para até 50 passageiros. A passagem incluirá uma bagagem de mão de 5 kg por passageiro, além de bebidas, café e biscoitos durante o voo.


Vale a pena fazer voos low cost pela Argentina?

Os novos voos low cost representam um enorme incentivo para o turismo dentro da Argentina. Com a concorrência acirrada e o fim das tarifas mínimas, a expectativa é que voar pelo país seja cada vez mais fácil e barato. A criação de novas rotas domésticas também elimina em muitos casos a necessidade de fazer escalas em Buenos Aires.

Seguindo um modelo de negócios comprovado mundialmente, as linhas aéreas low cost que operam na Argentina oferecem passagens básicas pelo preço mais baixo possível. Cabe aos usuários a decisão de contratar separadamente serviços como despacho de bagagens, escolha de assentos, bem como alimentação e entretenimento a bordo.

Outro fator de economia é que certas companhias low cost operam em aeroportos pequenos, como o de El Palomar, podendo assim reduzir custos. Em compensação, é preciso levar em conta que já foram registrados diversos cancelamentos e atrasos devido a questões operacionais, principalmente no caso da Flybondi.

Uma dica é que muitas companhias reservam os melhores preços para passagens compradas com pelo menos 30 dias de antecedência. Portanto, planifique com tempo e faça uma boa (e econômica) viagem!


Você já voou em algumas dessas linhas aéreas? Conhece o novo Aeroporto de El Palomar em Buenos Aires? Conte pra gente nos comentários!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *