Mi Buenos Aires Querido

Centro de Buenos Aires


A Avenida de Mayo é uma via histórica que conecta a sedes nacionais do poder executivo e do poder legislativo. Já na área de Retiro se localiza a principal estação de trem da cidade, sendo o cenário do vai-e-vem diário de milhares de trabalhadores. A umas quadras dali, o Obelisco surge como ponto de referência indiscutível sobre a mítica Avenida Corrientes, completando a mais autêntica paisagem urbana da capital.

Confira abaixo 3 roteiros com mapas indicando as principais atrações turísticas e outros pontos de interesse para visitar no Centro de Buenos Aires!


Roteiro 1 – Avenida de Mayo

carregando mapa - por favor aguarde...

Plaza de Mayo: -34.608557, -58.371863
Casa Rosada: -34.608133, -58.370104
Catedral Metropolitana: -34.607935, -58.372636
Cabildo: -34.608630, -58.373456
Café Tortoni: -34.608803, -58.378157
Manzana de las Luces: -34.611136, -58.374009
Avenida de Mayo: -34.609001, -58.380692
Palacio Barolo: -34.609617, -58.385811
Plaza del Congreso: -34.609793, -58.389716
Congreso Nacional: -34.609899, -58.392634

Plaza de Mayo
(Av. Rivadavia 400)
É o símbolo das manifestações históricas do povo argentino. Ao seu redor estão a Casa Rosada e a Catedral Metropolitana. Ao norte da praça está a “city” portenha, área movimentada que marca o centro financeiro de Buenos Aires.

Casa Rosada
(Balcarce 50)
É a sede da Presidência da República, em cuja emblemática sacada foram feitos grandes pronunciamentos da história argentina. As visitas guiadas são gratuitas e acontecem nos finais de semana e feriados das 10h às 18h, sendo necessário reservar previamente no site da Casa Rosada. Além disso, nos antigos túneis subterrâneos do prédio funciona o Museo Casa Rosada, que propõe um interessante passeio pela história do país. O museu fica aberto de quinta a domingo e feriados das 10h às 18h.

Catedral Metropolitana
(Av. Rivadavia e San Martín)
O padrão arquitetônico adotado é o de uma igreja simples sem torres e com 12 colunas representando os apóstolos. Do lado direito da catedral se encontra o mausoléu com os restos do herói libertador argentino, General San Martín.

Cabildo
(Hipólito Yrigoyen e Av. de Mayo)
Apesar das sucessivas reformas, este edifício ainda respira história pois foi o epicentro da revolução de 25 de maio de 1810, primeira data da independência argentina. O Museo del Cabildo está aberto todos os dias menos segundas e quintas de 10h30 a 17h, oferecendo visitas guiadas em diferentes horários.

Manzana de las Luces
(Perú 272)
É um conjunto de edifícios relacionados com a história e cultura portenhas, onde se escondem a igreja mais antiga da cidade e túneis da época colonial. Oferecem visitas guiadas diariamente a partir das 15h.

Avenida de Mayo
É interessante observar a variedade de cúpulas e fachadas de todos os estilos desta enigmática avenida, que parte da Plaza de Mayo e desemboca no majestuoso palácio do Congreso de la Nación.

Café Tortoni
(Av. de Mayo 825)
O Tortoni é nada mais nada menos que o café mais antigo de Buenos Aires. Um verdadeiro clássico portenho que merece uma visita. Oferece shows de tango e jazz, além de um menu inspirado em pratos e sobremesas típicas da Argentina.

Palacio Barolo
(Av. de Mayo 1370)
Um chamativo prédio que data de 1923, totalmente inspirado na Divida Comédia de Dante Alighieri. Entra-se pelo inferno, passando por andares do purgatório e chegando pouco a pouco ao céu. Na cúpula há um farol com uma vista surpreendente de Buenos Aires. Apesar de que no prédio funcionam normalmente vários escritórios, oferecem visitas turísticas guiadas.

Plaza del Congreso
(Av. Rivadavia 1700)
A Plaza del Congreso é um amplo espaço verde em frente ao imponente palácio do Congreso Nacional. Possui diversos monumentos, com destaque para uma variante original da famosa escultura “O Pensador”, elaborada pelo próprio Rodin.

Congreso Nacional
(Avenida Entre Ríos 50)
O Palácio do Congresso foi projetado no começo do século XX em comemoração ao primeiro centenário da Revolução de Maio. É possível visitar de forma gratuita a biblioteca do prédio, bem como as Câmaras de Deputados e de Senadores.


Roteiro 2 – Retiro

carregando mapa - por favor aguarde...

Plaza San Martín: -34.594922, -58.375683
Torre Monumental (Torre de los Ingleses): -34.592590, -58.373709
Monumento a los Caídos en Malvinas: -34.593685, -58.374610
Calle Florida: -34.597854, -58.375340
Galerías Pacífico: -34.598683, -58.374775
Santa Catalina: -34.599726, -58.374072
Edificio Kavanagh: -34.595469, -58.374615

Plaza San Martín
Uma das maiores e mais belas praças de Buenos Aires. Com seus desníveis e suas árvores frondosas, é ideal para fazer uma pausa tranquila e ao mesmo tempo observar o corre-corre dos executivos que trabalham nos prédios antigos e modernos de Retiro. Nos dias de verão, muita gente aproveita para tomar sol ou fazer um piquenique.

Torre Monumental (antiga Torre de los Ingleses)
Em frente à estação de trem Retiro fica localizada esta emblemática torre de tijolos vermelhos, que foi doada ao país por residentes britânicos em comemoração ao centenário da Revolução de Maio de 1810.

Monumento a los caídos en Malvinas
Em contraposição à torre, do outro lado da praça foi construído um monumento em homenagem aos soldados argentinos mortos na guerra contra a Inglaterra pelas Ilhas Malvinas (1982). Toda sexta às 18h acontece a troca da guarda entre as diversas forças militares.

Edificio Kavanagh
(Florida 1065)
Ao ser inaugurado em 1936, o Kavanagh era o arranha-céu mais alto da América Latina e a maior estrutura de concreto armado do mundo.

Calle Florida
A famosa Calle Florida é a rua de pedestres por excelência de Buenos Aires, muito transitada nos dias de semana e sempre cheia de turistas. O forte aqui são os artigos em couro e peles.

Galerías Pacífico
(Florida e Av. Córdoba)
Este edifício da belle époque portenha que funcionava antigamente como galeria de arte é hoje o shopping mais procurado pelos turistas. Bonito por fora e por dentro, suas paredes e cúpulas foram pinceladas por importantes artistas argentinos. Quanto às lojas, são certamente de excelente nível, incluindo várias casas especializadas em artigos de couro.

Santa Catalina
(San Martin 705)
A igreja Santa Catalina foi fundada em 1745 como o primeiro mosteiro de freiras de clausura de Buenos Aires. O complexo colonial foi declarado Monumento Histórico Nacional e existem visitas guiadas tanto à igreja como ao mosteiro. Também vale a pena descansar ou fazer um almoço em seu agradável pátio arborizado, que contrasta com a agitação do microcentro.


Roteiro 3 – Avenida Corrientes

carregando mapa - por favor aguarde...

Obelisco: -34.603895, -58.381605
Teatro Colón: -34.601069, -58.382978
Avenida Corrientes: -34.604495, -58.394351
Paseo La Plaza: -34.604530, -58.390188
Abasto Shopping: -34.603612, -58.410788
Once: -34.604672, -58.405252
Plaza Lavalle (Tribunales): -34.601245, -58.384695
Templo Libertad (Museo Judío): -34.599320, -58.384043
Centro Cultural Kirchner: -34.604195, -58.369503

Obelisco (Plaza de la República)
O Obelisco, no cruzamento da Avenida 9 de Julio com a Avenida Corrientes, representa o principal emblema de Buenos Aires. Inaugurado em 1936, o monumento recorda a primeira fundação da cidade e o lugar onde foi içada a primeira bandeira argentina.

Teatro Colón
(Cerrito 628)
É um grande orgulho para Buenos Aires possuir a maior sala de ópera da América Latina e a primeira em qualidade acústica do planeta, que ficou ainda melhor depois de uma completa reforma finalizada em 2010. A oferta de espetáculos inclui óperas, balés e concertos, sendo também possível realizar uma visita guiada para conhecer o teatro por dentro. O nome é em homenagem ao navegante italiano Cristóvão Colombo (Cristóbal Colón, em espanhol).

Plaza Lavalle
Este grande pulmão verde fica logo atrás do Teatro Colón e marca a área de Tribunales, sede do imponente Palacio de Justicia (Corte Suprema) e de outros tribunais menores. Convivem harmoniosamente na praça diferentes estátuas e monumentos, uma galeria de imagens e sons do Teatro Colón, uma área para cachorros sob a sombra de um centenário ficus, além da feira de livros usados mais antiga da cidade.

Templo de Libertad (Museu Judeu)
(Libertad 785)
O templo da rua Libertad foi a primeira sinagoga de Buenos Aires e funciona como sede da Congregação Israelita da República Argentina. Pode ser visitado como parte da visita ao Museo Judío de terça a sexta das 11h às 17h.

Avenida Corrientes
Além do magnífico Colón, há cerca de outros 60 teatros em Buenos Aires. Boa parte deles tem endereço na Avenida Corrientes, centro da atividade teatral portenha. As peças vão textos populares e comédias até adaptações de grandes musicais internacionais. Outra especialidade da avenida são as livrarias e cafés literários, incluindo sebos com livros super baratos.

Centro Cultural Kirchner (ex Correo Central)
(Sarmiento 151)
O CCK foi inaugurado em 2015 depois de uma longa e ambiciosa reforma do suntuoso palácio do Correo Central, tornando-se o maior centro cultural da América Latina e o terceiro maior do mundo, com capacidade para 5.000 pessoas. Além de assistir espetáculos diversos de excelente qualidade, é possível realizar visitas guiadas nos sábados, domingos e feriados às 14h ou às 15h30 reservando previamente no site do CCK. Todas as atividades são grátis!

Paseo La Plaza
(Av. Corrientes 1660)
Um complexo teatral muito recomendável a qualquer hora do dia ou da noite, já que além das salas de espetáculos possui lojinhas, restaurantes e bares em seu interior.

Once
Para fazer compras populares e econômicas, o trecho da Avenida Corrientes que vai de Callao até Pueyrredón tem várias lojas de roupas, calçados e acessórios com venda no varejo e no atacado a preços imbatíveis.

Abasto Shopping
(Av. Corrientes 3200)
O Abasto é um dos shoppings mais completos de Buenos Aires, produto da reforma de um prédio onde antes funcionava o mercado central da cidade. Além da grande variedade de lojas, tem praça de alimentação, 12 salas do Hoyts Cines e até uma cidade infantil (Museo de los Niños). Do lado de fora outra atração é uma estátua de Carlos Gardel, que morou por estas redondezas no começo de sua carreira.


Vídeos

Cortesia Epic Argentina


Compartilhe!


Dúvidas?

Confira o nosso Fórum com perguntas e recomendações da comunidade Mi Buenos Aires Querido!